quinta-feira, 30 de julho de 2009

Festa do Pijama!


Nina, nossa árvore inspiradora, completou doze anos. Sua mãe logo quis saber, "o que faremos para comemorar seu aniversário?" e a menina escolheu, "quero uma festa do pijama!".

Mãe e pai toparam na hora! A mãe organizou a festa e o pai montou o espaço do telão. Nós passamos por lá para dar um beijo em nossa pequena árvore e podemos contar: a alegria das sete meninas era imensa! Muitos risos, cantoria e brincadeiras! Um clima de festa tão bacana que não poderíamos deixar de dividir com vocês!

Para os que já estão crescendo, a festa do pijama tem feito muito sucesso! De simples organização, pode ser uma ótima solução para comemorar o aniversário dos que já passaram de dez anos, mas ainda não chegaram à adolescência.

Você pode reunir em sua casa um grupo pequeno de amigos de seu filho. Eles vão passar a noite lá ... e não vão dormir! Para os pais é preciso ter pique, paciência e animação! Estejam prontos para perder uma noite de sono...

Vale alugar filmes e DVDs de shows que a garotada curte - peça para o seu filho selecionar. Se for possível, use um telão - isso dará à festa um clima especial!

Monte um caderno-questionário para rolar entre a meninada durante a comemoração (Lembram?! Várias perguntas pessoais com espaço para todos responderem!).

Faça pipoca, mini-sanduíches, monte uma mesa de guloseimas, bolo e alguns enfeites.

Organize uns jogos de equipe! A garotada também vai gostar de encontrar presentinhos escondidos!

Monte um espaço com colchonetes e almofadas - de preferência na frente do telão.

A festa é do pijama, mas ninguém vai dormir...

Ah! Se você quiser, peça a nossa ajuda! Adoramos novidades!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Feito para Mariana!

A menina e o mar!

Para o convite, uma foto da Mari perto do mar.
O acabamento foi feito com laço de fita!


O Mar de Mariana


"Quem te ensinou a nadar
Quem te ensinou a nadar
foi, foi marinheiro
foi o peixinho do mar..."


Para uma família que adora festas
e para uma menina que ama o mar
montamos este cenário para uma pequenina sereia encantar!


Construimos, para Mariana, um painel com fitas e recorte e colagem.


O cenário do bolo!


A Sereia
produção de Sonia Mendes


A Baleia
produção de Sonia Mendes


A Arraia


O Cavalo-marinho


A tartaruga e seus filhotinhos entre os docinhos
que, em clima de tradição familiar, são feitos em mutirão!


A mãe da Mariana trouxe de São Paulo umas estrelinhas coloridas para enrolar o brigadeiro branco. Ficaram lindos!


O Polvo e o Siri


Painel com fotos da aniversariante!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Infância, quando a alma está encantada!

ANTES QUE ELAS CRESÇAM!
Trechos do texto de Affonso Romano de Sant'Anna

Há um período em que os pais vão ficando órfãos dos próprios filhos.

É que as crianças crescem.

Independentes de nós, como árvores tagarelas e pássaros estabanados, elas crescem sem pedir licença. Elas crescem com uma estridência alegre e, às vezes, com alardeada arrogância.Mas não crescem todos os dias, de igual maneira; crescem, de repente.Um dia se assentam perto de você no terraço e dizem uma frase de tal maturidade que você sente que não pode mais trocar as fraldas daquela criatura.Onde e como andou crescendo aquela danadinha que você não percebeu? Cadê aquele cheirinho de leite sobre a pele? Cadê a pazinha de brincar na areia, as festinhas de aniversário com palhaços, amiguinhos e o primeiro uniforme do maternal?

Ela está crescendo num ritual de obediência orgânica e desobediência civil. E você está agora ali, na porta da discoteca, esperando que ela não apenas cresça, mas apareça. Entre hambúrgueres e refrigerantes nas esquinas, lá estão elas, com o uniforme de sua geração: incômodas mochilas da moda nos ombros ou, então com a suéter amarrada na cintura. Está quente, a gente diz que vão estragar a suéter, mas não tem jeito, é o emblema da geração.

Há um período em que os pais vão ficando órfãos dos próprios filhos.

Deveríamos ter ido mais vezes à cama delas ao anoitecer para ouvir sua alma respirando conversas e confidências entre os lençóis da infância, e os adolescentes cobertores daquele quarto cheio de colagens, posteres e agendas coloridas de pilô. Não, não as levamos suficientemente ao maldito “drive-in”, ao Tablado para ver “Pluft”, não lhes demos suficientes hambúrgueres e cocas, não lhes compramos todos os sorvetes e roupas merecidas.

Elas cresceram sem que esgotássemos nelas todo o nosso afeto.

No princípio subiam a serra ou iam à casa de praia entre embrulhos, comidas, engarrafamentos, natais, páscoas, piscinas e amiguinhos. Sim, havia as brigas dentro do carro, a disputa pela janela, os pedidos de sorvetes e sanduíches infantis. Depois chegou a idade em que subir para a casa de campo com os pais começou a ser um esforço, um sofrimento, pois era impossível deixar a turma aqui na praia e os primeiros namorados. Esse exílio dos pais, esse divórcio dos filhos, vai durar sete anos bíblicos.

Agora é hora de os pais na montanha terem a solidão que queriam, mas, de repente, exalarem contagiosa saudade.O jeito é esperar. Qualquer hora podem nos dar netos. O neto é a hora do carinho ocioso e estocado, não exercido nos próprios filhos e que não pode morrer conosco. Por isso, os avós são tão desmesurados e distribuem tão incontrolável afeição.

Os netos são a última oportunidade de reeditar o nosso afeto.

Por isso, é necessário fazer alguma coisa a mais, antes que elas cresçam.

Especialmente para Valentina


O convite do Batizado!
Coordenamos as cores escolhidas para a decoração
com as cores do convite.


CONVITE MARCADOR DE LIVROS
A frente é colorida e o verso preto e branco.
Pode receber aplicação de fita!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Batizado de Valentina

"Para que flores não faltem jamais!"

Após um encontro, conhecemos o desejo e as idéias de alguém de muito bom gosto - a mãe da Valentina!
Procuramos, escolhemos e acreditamos!
Ficamos imensamente felizes com o resultado dessa montagem!




Cupcakes feitos pela Alessandra e pela Vanessa.


Todas as frases foram feitas pela Estamparia Fluminense.


Doces lindos... e saborosos feitos pela Ana!
A roda-gigante e os anjinhos!

Uma casinha para os passarinhos!
Painel de fotos - homenagem para a família!



Enfeite para mesa de convidados!


sexta-feira, 17 de julho de 2009

Árvore Vermelha Dá a Dica II

Livros que encantam todas as idades!

"O Colecionador de Segredos", de Marcia Cristina Silva, Brinque Book.

Este livro é um presente para o coração. Um menino de 12 anos transforma a vida de seus pais e nos ensina, com muita poesia, o valor de nossas escolhas e a preciosidade do tempo.





"Exercícios de Ser Criança", Manoel de Barros, Salamandra.

O olhar do poeta sobre a infância!










"O Homem que Amava Caixas", de Stephen Michael King, Brinque Book.

Em poucas palavras, o homem nos mostra que existem várias formas de expressarmos o amor que sentimos.






"Ana, Guto e o Gato Dançarino", de Stephen Michael King, Brinque Book.

Encontros que transformam vidas! Arte e criatividade!








"A História de Tudo", de Neal Layton, Companhia das Letrinhas.

Este livro é repleto de pop-ups. O texto conta a história do universo e da vida na Terra. Vale a pena conferir!






"Onda", de Suzy Lee, Cosac Naify.

Que livro lindo! O encontro de uma menininha com o mar é contado através das ilustrações em carvão de Suzy Lee.